Equipe

Angelita Broock (coordenação)

Angelita 2

é doutora (2013) e mestre (2009) em Educação Musical pela UFBA, com estágio de doutorado sanduíche no exterior pela University of Southern California, em Los Angeles, CA, EUA. É natural de Curitiba, onde iniciou seus estudos musicais participando de corais e grupos musicais, além de formação teatral em cursos livres e cias teatrais. Possui graduação em Licenciatura em Música pela UFPR (2004) e especialização em Educação Especial pelo IBPEX (2006). Em 2006 criou o curso de Extensão Musicalização para Bebês da UFBA em Salvador, que mais tarde integrou-se ao projeto Musicalização Infantil, no qual é professora e coordenadora. Juntamente com a Prof. Dra. Diana Santiago, organizou em 2011 o II Seminário Brasileiro de Educação Musical Infantil, realizado em Salvador. Além disso tem publicado diversos artigos na área de Educação Musical, tanto em revistas quanto em Anais de Encontros Nacionais e Internacionais, e capítulos de livros, incluindo a organização de dois livros específicos da área de Educação Musical Infantil. É integrante fundadora do Grupo Canela Fina, juntamente com Kamile Levek.

 

Kamile Levek (Coordenação)

mile

É uma das fundadoras do Grupo Canela Fina. Natural de Curitiba-PR, onde iniciou sua carreira musical aos 11 anos de idade, aprendendo violão. Aos 15 anos já dava aulas particulares do instrumento, e aos 17 participava de diversas bandas locais, como guitarrista e, mais tarde, também como baixista. Na mesma época ingressou no curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal do Paraná (UFPR), recebendo o título em 2004. É também pós-graduada em Educação Musical na Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP) (2007) e Mestre em Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) (2012). Em 2005 adquiriu o Early Childhood Music Mastership Certification (Course Work in Music Learning Theory and its Practical Applications), realizado em Bryn Mawr, Pennsylvania (EUA). Atualmente é coordenadora (em parceria com Angelita Broock) e professora do programa Canela Fina Musicalização Infantil, guitarrista do Grupo Canela Fina e aluna do curso de Doutorado em Educação Musical da UFBA. Em 2015 recebeu bolsa da Capes para realizar o doutorado sanduíche em Los Angeles (Califórnia-EUA), na University of Southern California. Suas pesquisas acadêmicas atuais envolvem a área da Educação Musical e Psicologia da Música (criatividade, teoria do fluxo e emoção em música). Atua também em bandas locais como guitarrista e baixista.

 

Adilson Figueiredo (Professor de musicalização infantil)

Adilson

Professor de música, guitarrista e violonista.Atualmente estudande do curso de licenciatura em Música pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Desde cedo atua como professor de música, inicialmente ministrando aulas de violão em grupo e particular. Aprendeu música através de uma organização não-governamental e apartir desta experiência surgiu o interesse incondicional pela música. Na referida instituição, começou aos 10 anos o estudo de flauta e violão, posteriormente surgindo o interesse pela guitarra.  Hoje trabalha com musicalização infantil, além de ser professor em uma escola particular de Salvador com crianças da educação infantil ao Ensino fundamental.

 

Aiace Félix (Professora de canto)

Aiace 2

 

Bruno Uzeda (Professor de violão e guitarra)

Bruno

Bruno Uzêda iniciou a sua formação musical de forma autodidata aos 14 anos. Posteriormente estudou teoria musical e violão clássico em um curso da Universidade Católica. Em 1998 entrou no curso de Licenciatura de Música da UFBA, deixando o curso após um ano para se dedicar ao estudo de harmonia e improvisação. Nessa época tomou aulas com o professor de violão Marcelo Avattar. Retornou em 2012 ao mesmo curso da UFBA, mas depois transferiu para Música Popular com habilitação em guitarra, que cursa atualmente. Tocou com bandas e artistas como: Síncope (banda de heavy metal indicada ao Troféu Caymmi), Spectro (cover do Pink Floyd),  Quininho de Valente, Danny Nascimento, Marcelo Bacellar, Kall Mê, Paulinho Boca de Cantor, Jam do MAM, Marcelo Brasil, Vandinho Carvalho, Jazz %, Chá de Pensamento,  Radinho de Pilha (cover de músicas dos anos 80), Radiatta, Cardinalle (sua atual banda de rock), etc. Atualmente dá aulas de guitarra e violão, além de se apresentar tocando em trabalhos de estilos variados, como o rock, MPB, jazz, etc.

 

Camila Jatobá (Professora de musicalização infantil e canto)

Camila Jatobá

Artista por estar entregue e em condição de aprendiz constante, cantora, compositora e professora, Camila Jatobá pratica o verbo criar no gerúndio e como processo constante de cura, seja na esfera pedagógica ou artística. Nascida em Salvador, Bahia, a jovem de 28 anos demonstrou o interesse pela música desde nova. Iniciou aulas de canto lírico e popular aos 16 anos em cursos de extensão na Universidade Federal da Bahia, investindo também em aulas teóricas de música. Formou-se em Licenciatura pela Universidade Católica de Salvador em 2014, e hoje se dedica ao seu projeto musical solo, além de lecionar aulas de canto e musicalização infantil, experiência que, segundo ela, muito a ensina enxergar o mundo mais humano e colorido.

 

Camilla Garcia (Professora de musicalização infantil, violão e guitarra)

Camilla
Trabalhos lúdicos e interativos no Centro Juvenil de Ciência e Cultura, Educação Infantil e Fundamental I na Escola Ômega e Educação Infantil no Colégio Marista e Escola Kimimo.

 

Carla Suzart (Professora de musicalização infantil, baixo elétrico e arteterapeuta)

bass me2

É natural de Vitória da Conquista, BA. Iniciou sua vida musical aos 14 anos como autodidata no violão. Integrou diversas bandas em sua cidade natal como violonista, cantora e compositora. Em 2001 se mudou para Salvador iniciando uma Especialização em Psicoterapias Transpessoais no Grupo Omega. Se formou na Universidade Federal da Bahia (UFBA) em Licenciatura em Música (2010), e finalizou o Mestrado Profissional em Educação Musical pela mesma Universidade em 2016, desenvolvendo pesquisa em Música e Saúde com crianças internadas na ala da UTD do Hospital Martagão Gesteira. Atuou voluntariamente na Escola Ecológica da Comunidade Xamânica Fundação Terra Mirim por quatro anos, assumindo o cargo de Educadora e Coordenadora Pedagógica. Trabalha com Musicalização infantil em Ongs e escolas desde 2006. Integrou o grupo de Musicalização infantil da UFBA em 2010. Entre 2011 e 2014 morou em Lençóis, na Chapada Dimantina, onde desenvolveu projetos de Educação Musical na Natureza com utilização de objetos recicláveis. Compôs e compõe diversas bandas atuando como Baixista, Violonista, Compositora e Guitarrista. É integrante do Grupo Canela Fina (música para todas as crianças) desde Outubro de 2011. Atualmente é educadora na empresa Canela Fina Musicalização Infantil. Concluiu em 2016 uma Especialização em Arte Terapia pelo Instituto Junguiano da Bahia (IJBA).

 

Daniela Mota (Professora de musicalização infantil e conjunto instrumental)

Dani

Formada em Licenciatura em Desenho e Plástica pela UFBA em 2001, iniciei minha vida profissional fazendo papel artesanal a partir do próprio papel descartado e também do tronco da bananeira. Ao mesmo tempo, eu e duas amigas formamos a banda Lilit em 1999, banda autoral, que fez parte da cena independente soteropolitana no inicio dos anos 2000. A partir dai, sempre estive dentro do universo musical realizando cursos livres de violão, cavaquinho, percussão e bateria na UFBA, Pracatum, Shubert.  A percussão me fisgou e comecei a atuar profissionalmente como percussionista em diversas bandas e também como educadora musical. Hoje, ainda inquieta, concomitante a essas ações, busco compreender o poder da música e seus alcances, fazendo uma especialização em Musicoterapia.

 

Danilo Marins (Professor de musicalização infantil)

Durante toda infância teve contanto com instrumentos e equipamentos musicais, pois nasceu em uma família com histórico de músicos profissionais. Aos 13 anos iniciou seus estudos musicais através da percussão, fazendo parte de sua iniciação musical uma variedade de instrumentos do universo percussivo. Aos 16 já tocava profissionalmente em bandas como percussionista. Posteriormente criou interesse pelo contrabaixo elétrico, passando também a estudar o instrumento. É graduando na Universidade Federal da Bahia (Licenciatura em música EMUS/UFBA). Tem experiência como professor de musicalização infantil no curso de extensão da EMUS/UFBA e Atualmente faz parte da equipe de professores da Casa do Canela Fina.

 

Diogo Florez (Professor de musicalização infantil, conjunto instrumental e percussão)

Diogo 3

É natural de Salvador – BA e Bacharel em Percussão pela Universidade Federal da Bahia. Foi  professor do curso de extensão de percussão da EMUS e membro da equipe de professores da Musicalização Infantil da EMUS – UFBA. Traz em sua bagagem diferentes experiências no meio musical como concertos com a OSBA, Grupo de Percussão da UFBA, shows nacionais e internacionais especialmente com seu grupo Sertanilia. Boa parte de sua experiência vem de sua vivência como sonoplasta em peças teatrais e com o seu grupo de palhaços Nariz de Cogumelo que atua como diretor musical. Em 2013 se tornou integrante do Grupo Canela Fina, atuando como música da banda e educador do projeto de musicalização infantil. Hoje é também professor de musica das escolas Lua Nova e Pindorama.

 

Gabriel Zunga (Professor de bateria)

LrMobile2006-2016-043856071413921370

Compositor, baterista e percussionista, natural de Salvador/BA, começou sua carreira artística aos 16 anos com a banda Kayman(SSA), na qual se profissionalizou como músico ao longo dos 10 anos de banda. Estudou no conservatório de música Souza Lima em São Paulo (2008), atualmente graduando do curso de Música Popular da Universidade Federal da Bahia, trabalha com vários artistas do gênero reggae, além de integrar as bandas Toco y Me Voy(SSA) e MUV!(SSA).

 

João Almy de Almeida Silva (Professor de musicalização infantil e violão)

João 3

João Almy entrou no Instituto de Educação Musical (IEM) aos 11 anos de idade, depois de assistir um musical produzido por essa escola de música. Foi onde teve aulas de iniciação, coral, solfejo e violão, passando por uma vivencia musical do clássico ao popular com as professoras Jane Mercadante, Luzia Robato, Sandra Seixas e Carmen Mettig. Em 2014 formou-se Bacharel em Instrumento pela Universidade Federal da Bahia, sob orientação do Prof. Dr. Mario Ulloa Peñaranda. Além dos estudos formais, João Almy vem realizando projetos com música popular e atualmente desenvolve o projeto B.A.V.I. (Berimbau Aparelhado Violão Inventável) em parceria com o percussionista Anderson Petti, além de acompanhar o Grupo Sertanília. O trabalho como instrumentista, arranjador e compositor caminha lado a lado com o de educador. João Almy é brincante e trabalha com musicalização infantil, além de dar aulas de violão para crianças e adultos.

 

Laura Cardoso (Professora de conjunto instrumental e violão)

Laura

Violonista, contrabaixista e compositora, graduanda em Música Popular pela Universidade Federal da Bahia e pesquisadora PIBIC com área de concentração em Etnomusicologia. Professora de violão e musicalização infantil, atualmente ensina música para crianças e adolescentes na Ong Casa do Sol, na Escola Villa Criar e no Canela Fina Musicalização Infantil. Formada em violão erudito pela EMMO – Escola Municipal de Música de Ourinhos (2009), dá aulas particulares de violão popular e erudito desde 2012. Integrou o corpo docente do projeto de extensão de Musicalização Infantil da UFBA de 2014 a 2016. Nesse último ano também lecionou aulas de musicalização infantil no Conservatório Schubert Villas do Atlântico, no Espaço Musical e no projeto TUPÃ mirim – concebido em parceria com a professora de ballet Raissa Biriba, oferecendo aulas integradas de dança e musicalização para crianças. Possui formação em Mediação Cultural pelo Museu-Escola Lina Bo Bardi/MAM-BA e Escola de Belas Artes da UFBA. Mediadora da 3ª Bienal da Bahia e do Circuito das Artes 2014. Tem experiência em aulas coletivas para crianças e adolescentes; aulas de violão individuais ou em grupo; confecção de instrumentos musicais com materiais reciclados; criação e montagem de apresentações/espetáculos musicais, mostras artísticas, aulas públicas e grupos diversos voltados à arte educação.

 

Louise Pitanga (Professora de musicalização infantil)

Louise 2

Está cursando Licenciatura em Música na UFBA. Trabalhou como professora de musicalização no Projeto de Musicalização Infantil da UFBA,  na  creche-escola Doce Encanto, Stella Maris, aula de iniciação musical na escola Fundamental Alexandrina, Cosme de Farias, aulas particulares de flauta doce e musicalização, Participa do projeto Arte no Currículo deste 2015.

 

Mila Paraná Botelho (Professora de teclado)

Mila

Natural de Salvador – BA. Iniciou os estudos de piano no Instituto de Educação Musical (IEM), aos 8 anos de idade. Possui graduação em Música pela Universidade Federal da Bahia (2010) e  Mestrado Profissional em Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia (2014). Atuou como professora estagiária nos cursos de extensão da UFBA – IMIT e extensão de piano (2008 a 2010). Atualmente atua como professora de piano/ teclado particular e em escolas de música na cidade do Salvador.

 

Sara Abreu Mata Machado (Professora de musicalização infantil e capoeira)

Sara

É natural de Belo Horizonte/MG. Iniciou sua trajetória na música como autodidata em violão, aos 15 anos de idade. Sua formação musical seguiu através de sua vivência na capoeira, iniciada no ano de 2001 na mesma cidade. No ano de 2007 viveu na Nova Zelândia e atuou como professora em uma escola de educação infantil, onde também ensinou capoeira. Possui experiências como educadora de Capoeira Angola para crianças em projetos sociais e escolas. Vive em Salvador desde 2010, onde vem aprofundando sua formação na Capoeira Angola, sob a orientação dos mestres Valmir Damasceno e Cobra Mansa, integrando a Fundação Internacional de Capoeira Angola (desde 2006). É doutora em Difusão do Conhecimento (UFBA/2016) e mestre em Educação (UFBA/2012), com pesquisas sobre as práticas educativas da Capoeira Angola com crianças e as relações entre a capoeira e a permacultura. Atualmente, é professora de musicalização infantil e de Capoeira Angola para crianças (espaço Kids Place e Casa do Canela Fina) e professora de musicalização em inglês (Escola Dorilândia). É integrante do grupo Três Três Passará e integrante-fundadora do grupo Corrupio – Música para Crianças.

Todos os direitos reservados para GRUPO CANELA FINA - Desenvolvido por BAMP - Creative Group @2015